Governo sanciona elevação de percentual de biodiesel no diesel

Governo sanciona elevação de percentual de biodiesel no diesel

Mistura será composta por 7% de biodiesel a partir de novembro; percentual era de 5% antes da edição de MP

REUTERS

25 de setembro de 2014 | 07h39

O governo federal sancionou a lei que aumenta o percentual de biodiesel no diesel para 6 por cento a partir de julho de 2014 e para 7 por cento a partir de 1o de novembro deste ano, conforme publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial da União.

Antes da edição de medida provisória sobre o tema, o percentual era de 5 por cento.

Com a elevação da mistura de combustíveis renováveis nos fósseis, o governo poderá aliviar a necessidade de importação de derivados de petróleo, que tem afetado as contas da Petrobras. Isso porque a estatal vende os produtos no mercado interno a um preço inferior ao que desembolsa para comprá-los no exterior, em função do controle das cotações.

Segundo o texto sancionado, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) poderá, a qualquer momento e por motivo de justificado interesse público, baixar o percentual para até 6 por cento, "restabelecendo-o por ocasião da normalização das condições que motivaram a redução do percentual".

(Por Marcela Ayres)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAGOVERNOBIODIESEL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.