Grãos: Conab de Ponta Grossa será retroporto para Paranaguá

Brasília, 22 - O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, anunciou há pouco que a Conab e o governo do Estado do Paraná firmaram protocolo que permitirá a utilização da unidade armazenadora da Conab em Ponta Grossa como terminal de armazenagem prévia de grãos que serão exportados pelo porto de Paranaguá. Ou seja, uma carga que será embarcada poderá ser estocada previamente na unidade de Ponta Grossa e posteriormente despachada para o porto. "A unidade servirá como terminal retroportuário de Paranaguá e vai desobstruir e inibir as filas que são freqüentes no porto na época de escoamento da safra", disse o ministro. A estimativa da Conab é que o armazém tenha capacidade estática para 420 mil toneladas de grãos, com movimento potencial de 650 mil toneladas por mês. O escoamento via Conab/Ponta Grossa deverá ser possível já na safra 2004/05. Paranaguá e Ponta Grossa estão separados por 200 quilômetros, e o transporte será feito por ferrovia. O ministro participou hoje da posse do novo presidente da Conab, Jacinto Ferreira, na sede da estatal em Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.