Grécia decide recorrer a ajuda da UE e FMI

'É uma extrema necessidade, é uma necessidade nacional, disse o primeiro-ministro da Gréciam nesta sexta-feira

Danielle Chaves, da Agência Estado,

23 de abril de 2010 | 07h35

O primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, afirmou que "chegou o momento" de o país requisitar ajuda sob um plano de resgate conjunto da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) depois de meses de turbulência nos mercados financeiros gregos.

Falando na ilha de Kastellorizo, Papandreou descreveu o pacote de socorro como "uma necessidade". "É uma extrema necessidade, é uma necessidade nacional". As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.