Greve da Lufthansa afeta voos no Brasil, mas movimento é tranquilo em Guarulhos

No site da companhia, é possível ver a lista de voos mantidos durante a greve

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

22 de fevereiro de 2010 | 12h55

Mesmo com a greve dos pilotos da companhia alemã Lufthansa, o movimento era tranquilo nos guichês da empresa no Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, por volta das 12h15 desta segunda-feira, 22. A empresa está contactando os seus clientes para oferecer alternativas de viagem, remarcando voos sem custo adicional para os clientes que fizeram reservas antecipadas. No site da Lufthansa, é possível ver a lista de voos mantidos durante a greve.

 

De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, o primeiro voo cancelado pela paralisação liga Guarulhos a Munique e partiria às 13h40 desta segunda. O próximo partiria para Frankfurt às 18h25. Outros seis voos devem ser prejudicados até as 23h59 de quinta-feira, 25, quando a greve deve terminar.

 

Em todo o mundo, cerca de 3,2 mil voos devem ser afetados no período. Diariamente, incluindo as companhias regionais, a Lufthansa tem 1.800 voos, dos quais 800 foram cancelados nesta segunda.

 

A paralisação foi convocada pelo sindicato de pilotos alemão, Vereinigung a associação Cockpit e mobilizou cerca de 4 mil pilotos, que temem por um corte de vagas e tentam impedir que a companhia contrate parte de seus voos com outras empresas, por um custo mais baixo. A Lufthansa diz que a decisão foi tomada apesar da disposição da empresa em atingir um acordo com o sindicato durante longas e intensas conversas. Por isso, considera a paralisação totalmente inapropriada. 

Tudo o que sabemos sobre:
Lufthansa, greve, voos, aeroporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.