Gripe aviária: Malásia detecta animais infectados com variante H5

São Paulo, 23 - A Malásia ainda luta para conter a expansão da gripe aviária. O diretor geral do Departamento de Serviços Veterinários Hawari Hussein informou que testes realizados em frangos em um distrito ao norte do país mostraram que as aves estavam infectadas com a variante H5 da influenza. Os veterinários sacrificaram mais de 200 frangos e patos nos últimos dois dias no distrito de Tumpat, na fronteira com a Tailândia. Os testes estão sendo conduzidos desde 17 de agosto na região nordeste da Malásia, onde foram descobertos casos da doença em galos de briga contrabandeados da Tailândia. Desde então, mas de 18.000 aves e suínos já foram sacrificados onde o vírus foi detectado. Mas, segundo o governo, a variante mais letal do vírus a H5N1 não é registrada desde o final de setembro. A imprensa local especulava se o país poderia ser declarado área livre de gripe aviária no final de novembro, mas as autoridades se recusam a fixar um data e dizem que irão manter o monitoramento nas regiões afetadas. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.