Groupon é readmitido no em comitê da camara-e.net

O Comitê de Compras Coletivas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico - camara-e.net deliberou favoravelmente ao pleito do Groupon de ser reintegrado ao grupo, após a confirmação da mudança de procedimentos da empresa. Segundo o comunicado da camara-e.net, o site de compras coletivas retirou do ar as ofertas que violavam o Código de Ética e Autorregulamentação do comitê.

AE, Agencia Estado

29 de novembro de 2012 | 10h06

Ainda conforme a nota da entidade, o Groupon, que havia sido excluído do comitê em outubro, reafirmou seu compromisso para, em conjunto com os demais integrantes, adotar as melhores práticas do mercado, seguir as normas do Código de Ética e participar ativamente do processo de autorregulamentação do setor. Dessa forma, o comitê volta a ser formado pelas empresas ClickOn, Groupon, Peixe Urbano e Viajar Barato.

"Os sites integrantes do Comitê de Compras Coletivas reiteram o compromisso de contribuir para a manutenção de uma atmosfera de negócios justa e sustentável no setor de compras coletivas e trabalhar de forma intensa com vistas à melhoria da qualidade dos serviços e do atendimento de seus consumidores", diz a camara-e.net, no comunicado.

"A camara-e.net acredita que o retorno do Groupon demonstra o grau de comprometimento e amadurecimento das empresas e dos esforços do Comitê de Compras Coletivas na construção de regras de autorregulamentação e fortalece o papel institucional da entidade na consolidação da economia digital no Brasil", acrescenta.

A camara-e.net é uma entidade privada que representa as maiores empresas do setor, incluindo as companhias de e-commerce, meios de pagamento, compras coletivas, seguros, e-banking e demais segmentos.

Tudo o que sabemos sobre:
compras coletivasreadmissãoGroupon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.