Grupo de engenharia GEA quer crescer em Brasil, México e China

O grupo alemão deengenharia GEA está de olho em Brasil, México e China paranovas oportunidades de crescimento, afirmou nesta quinta-feirao presidente-executivo da companhia. "É onde estamos bem pouco representados e é por isso queestamos olhando nessa direção", disse Juerg Oleas ajornalistas. Segundo Oleas, o grupo pode gastar até 1 bilhão de euros(1,54 bilhão de dólares) em aquisições este ano. A companhiaquer aumentar sua alavancagem para cerca de 50 por cento esteano. "Se não pudermos fazer isso via aquisições, teremos quefazer por meio de recompras de ações", acrescentou oexecutivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.