Agora/ Reprodução
Agora/ Reprodução

Grupo Folha deixa de publicar o Agora após 22 anos

Jornal voltado para classes C e D foi criado em 1999 para substituir a Folha da Tarde e tinha 32 mil assinantes, de acordo com o IVC

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2021 | 23h30

Após 22 anos, o Grupo Folha decidiu encerrar a publicação do jornal Agora São Paulo, voltado para as classes C e D, de maneira permanente. O periódico deixará de circular a partir de segunda-feira, 29 de novembro.

Com a decisão, o Grupo Folha encerra um dos jornais de caráter popular no País. Segundo o Instituto Verificador de Informação (IVC), o Agora tinha 32.517 assinantes em outubro, 36% menos do que o número registrado há dois anos.

O Agora foi criado em 1999 para substituir o jornal Folha da Tarde, que pertencia ao mesmo grupo e circulava desde 1924. Portanto, o fim da publicação encerra uma história que se iniciou há quase um século.

Segundo comunicado da companhia enviado para os assinantes, todos se tornarão assinantes da Folha até o fim dos contratos, sem custo adicional.

De acordo com a empresa, todos os funcionários do Agora terão a opção de se transferir para a Folha de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.