Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Grupo Pão de Açúcar sai do lucro para perdas de R$ 122 milhões

Somente na operação varejo alimentar, lucro caiu mais de 75% no 3º trimestre; no acumulado do ano, queda é de mais de 90% em relação a 2014

Dayanne Souza, O Estado de S. Paulo

29 Outubro 2015 | 21h00

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) teve um prejuízo líquido consolidado de R$ 122 milhões no terceiro trimestre de 2015, revertendo lucro de R$ 391 milhões do mesmo período do ano anterior. No acumulado de nove meses do ano, o lucro da companhia chega a R$ 101 milhões, redução de 90,7% na comparação com os mesmos meses de 2014. 

Considerando apenas a operação de varejo alimentar, com as bandeiras Pão de Açúcar, Extra e Assaí, o lucro entre julho e setembro foi de R$ 44 milhões, queda de 75,9% frente aos mesmos meses de 2014. 

Esse mesmo segmento apurou lucro líquido dos acionistas controladores de R$ 51 milhões, resultado que ficou abaixo do esperado pelo mercado. O montante foi 15% menor que a média das estimativas de oito instituições financeiras consultadas pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado

As projeções apontavam para lucro de R$ 60,1 milhões da unidade de varejo alimentar. Os profissionais do mercado não haviam chegado a um consenso sobre o resultado consolidado do GPA, que além de alimentos inclui a Via Varejo, de móveis e eletroeletrônicos. O prejuízo consolidado dos acionistas controladores do grupo foi de R$ 7 milhões no terceiro trimestre e as projeções variavam entre prejuízo líquido consolidado de R$ 33 milhões e lucro consolidado de R$ 157 milhões.

O GPA já havia divulgado previamente que a receita líquida em alimentos no trimestre foi de R$ 8,8 bilhões, crescimento de 7,3% na comparação anual. A receita líquida consolidada foi de R$ 16 bilhões, alta de 2,6%.

Mais conteúdo sobre:
Grupo Pão de Açúcarbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.