Heineken se rende às campanhas de verão

A Heineken fará neste ano sua primeira campanha no Brasil voltada para o verão, a alta temporada da venda de cervejas. A empresa promoverá 140 festas em casas noturnas de cinco cidades brasileiras entre 26 de dezembro deste ano e 6 de março de 2014. A empresa trará cerca de 30 bandas nacionais e internacionais para o festival SummerStage 2014, criado pela marca especialmente para o mercado brasileiro.

MARINA GAZZONI, Agencia Estado

18 de novembro de 2013 | 09h20

?Escolhemos as principais cidades que o público-alvo da Heineken passa o verão e vamos oferecer uma experiência por meio de shows nessas cidades?, disse Patrick Fló, diretor de conexões de marca da Heineken.

Os shows serão promovidos em São Paulo (nas casas noturnas Cine Joia e D-Edge), Ilhabela (Sea Club), no Rio de Janeiro (D-Edge), em Trancoso (Para-Raio) e Florianópolis (P12). As bandas e as baladas foram selecionadas com a curadoria da produtora Barong, que promove festivais de músicas e faz projetos culturais para marcas.

O reforço do investimento em marketing das cervejarias durante o verão é algo já conhecido no mercado publicitário brasileiro. A Skol, por exemplo, promoveu uma série de shows em praias no verão passado. E quase todas as marcas colocam novas campanhas no ar nos principais meios de comunicação nesse período - muitas com cenários de praia, cerveja e mulheres de biquíni.

Há uma razão muito clara para esse investimento das cervejarias na alta temporada: cerca de 40% do consumo no Brasil ocorre nos meses de verão. A Heineken, no entanto, não tinha ações específicas para a alta temporada. Desde que entrou formalmente no Brasil, em maio de 2010, a cervejaria vinha com ações para fortalecer sua marca e criar um posicionamento como cerveja premium ?Essa iniciativa é uma evolução da estratégia de marketing da Heineken no Brasil. Optamos por caminhar passo a passo (na construção da marca)?, disse Fló.

A empresa já patrocinou outros festivais, como o Rock in Rio e o Lollapalooza, mas fará pela primeira vez um evento de longa duração. Segundo o diretor da Heineken, os eventos de verão devem atingir o mesmo público-alvo de um grande festival (cerca de 100 mil pessoas). ?A vantagem é que vamos manter uma conversa com o consumidor durante meses, em um período que é o mais importante para a indústria?, disse Fló.

Para o chefe de departamento de marketing da ESPM, Marcelo Pontes, a promoção de eventos impacta na construção da marca perante o público-alvo. ?É uma tentativa de se aproximar do consumidor com a construção de uma boa experiência?, disse. ?A marca pesa muito na decisão de compra no segmento de cerveja.? As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.