Hermes e Louis Vuitton aliviam setor de luxo, ações disparam

A indústria de produtos de luxo da Europa teve um alívio nesta sexta-feira, depois que o grupo Hermes traçou cenário relativamente encorajador para 2009 e a LVMH informou que o desempenho em janeiro não foi ruim. As notícias dos dois maiores grupos de produtos de luxo do mundo em valor de mercado içaram todo o setor, que vinha sendo abalado nas últimas semanas por vendas decepcionantes e crescente evidência de contenção de gastos inclusive entre ultra-ricos. A Hermes informou ter como objetivo registrar vendas em 2009 relativamente constantes em relação a 2008. Muitos analistas esperavam que o mercado global de luxo cairia cerca de 10 por cento este nao. Enquanto isso, a LVMH informou que janeiro "não foi um mês ruim", mas evitou fazer estimativas para 2009. As ações da Hermes disparavam 6,1 por cento às 12h40 (horário de Brasília) e os papéis da Louis Vuitton saltavam quase 11 por cento. (Por Astrid Wendlandt)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.