Holcim e Lafarge anunciam venda de ativos

As fabricantes de cimento Holcim e Lafarge anunciaram a venda de partes de seus negócios para tentar conseguir a aprovação dos órgãos reguladores para uma fusão de US$ 50 bilhões, que criará a maior empresa do setor no mundo.

Agencia Estado

07 de abril de 2014 | 13h36

Em comunicado conjunto, a Holcim, baseada em Jona, na Suíça, e a Lafarge, com sede em Paris, anteciparam que as vendas combinadas serão equivalentes a até 15% do Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia resultante da união. Dois terços das vendas devem ocorrer na Europa.

As duas empresas confirmaram que o presidente-executivo da Lafarge, Bruno Lafont, irá liderar o novo grupo. Wolfgang Reitzle, membro do conselho da Holcim e presidente da companhia, será presidente do conselho de administração da nova empresa, que receberá o nome de LafargeHolcim.

O acordo, cujos detalhes foram divulgados na semana passada, envolve a compra de ações da Lafarge pela Holcim. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
HolcimLafargefusão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.