Hollande diz que Grécia deve ficar na zona do euro

Para presidente da França, Atenas precisa demonstrar que programa de recuperação é confiável

Agência Estado

25 de agosto de 2012 | 08h49

PARIS - O presidente da França, François Hollande, disse neste sábado que a Grécia "deve continuar fazendo parte da zona do euro" enquanto luta para superar seus problemas econômicos. Após encontro de uma hora com o primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, Hollande disse também que Atenas precisa demonstrar que seu programa de recuperação é "confiável" e que seus líderes têm a vontade política de levá-lo adiante.

Samaras, que ontem se reuniu também com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, prometeu que a Grécia permanecerá na área do euro, mas criticou aqueles "que continuam a especular contra" seu país. "Nós vamos ser bem sucedidos e continuaremos na zona do euro", disse o premiê.   Com Dow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.