Homens encapuzados teriam agredido invasores de fazenda em MG

Belo Horizonte, 27 - A Polícia Militar de Minas Gerais investiga um ataque de um grupo de homens encapuzados a um acampamento do Movimento Popular pela reforma agrária, na fazenda de São Vicente, em Ituiutaba, no triângulo mineiro. Dois acampados ficaram feridos na ação na madrugada de ontem.Segundo ocorrência da PM, um caminhão de cor branca e sem placas chegou ao acampamento por volta das 10 horas, com cerca de 20 homens, que estavam armados e vestiam capuzes. Os sem-terra foram agredidos por socos e pontapés, de acordo com informações da PM.Os agressores também jogaram gasolina e atearam fogo em cinco barracas. Um acampado, identificado apenas por Vanildo, estava no interior da barraca e sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau, em várias partes do corpo. Os autores das agressões também depredaram um automóvel que estava no acampamento. Vanildo e uma sem-terra, identificada apenas como Angelita, foram encaminhados para o hospital da cidade. Os agressores fugiram e até a tarde de hoje a PM não tinha pistas do paradeiro deles.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.