Honda anuncia fábrica de automóveis na Argentina

Unidade terá capacidade de 30 mil veículos por ano e consumirá investimentos da ordem de US$ 100 milhões

Agência Estado,

17 de julho de 2007 | 15h44

A Honda anunciou nesta terça-feira, 17, a construção de uma fábrica de automóveis na cidade de Campana, na província de Buenos Aires. A unidade argentina da Honda terá capacidade de 30 mil veículos por ano e consumirá investimentos da ordem de US$ 100 milhões. As obras serão iniciadas ainda neste ano e devem ser concluídas até o segundo semestre de 2009.   A nova fábrica do grupo japonês terá os processos de estamparia, soldagem, pintura, montagem de chassi e motor. Está prevista a contratação de 800 pessoas para a primeira fase de implantação, e já foram iniciados estudos no sentido de definir o modelo a ser produzido.   A estabilização da economia e o câmbio desvalorizado favoreceram o crescimento do mercado automotivo na Argentina nos últimos anos. Em 2002, por exemplo, foram comercializados 98 mil veículos, número que saltou para 450 mil no ano passado. As vendas da Honda foram de 7.300 unidades em 2006, o que correspondeu a um crescimento de 50% em relação ao ano anterior.   A nova fábrica deverá atender à demanda local e, principalmente, aos países da América do Sul e Central, juntamente com a fábrica da Honda no Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
HondaArgentinaFabricação de carros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.