Honda demite e reduz produção em fábrica no Brasil

A subsidiária brasileira da Honda Motor anunciou nesta quarta-feira a redução pela metade de sua produção na fábrica de automóveis em Sumaré, interior de São Paulo, pela falta de peças do Japão em decorrência do terremoto e do tsunami que atingiram aquele país.

REUTERS

18 de maio de 2011 | 19h38

A Honda também vai demitir 400 empregados da unidade, ou 12 por cento do quadro de funcionários da fábrica, de acordo com nota à imprensa.

"Em função dos desastres naturais ocorridos no Japão, no início de março, diversos fornecedores de componentes eletrônicos, que não podem ser substituídos facilmente, tiveram sua produção afetada. Com isso, o envio de peças para diversos países, inclusive o Brasil, foi prejudicado", segundo a Honda.

A partir de junho, a unidade de Sumaré cortará a produção de automóveis de 600 para 300 unidades diárias. A fábrica passará a operar em dois turnos, e não mais três turnos, deixando ociosos cerca de 1.200 funcionários.

A Honda está estudando alternativas para esses empregados durante o período de redução da produção.

(Reportagem de Cesar Bianconi)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSHONDABRASIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.