Divulgação
Divulgação

Honda faz recall de 102 mil carros no Brasil

Primeiro recall da marca em 2011 envolve 101,6 mil sedãs New Civic, um dos mais vendidos no País

Reuters,

28 de julho de 2011 | 14h44

A Honda anunciou nesta quinta-feira um recall preventivo de cerca de 102 mil veículos no Brasil para substituição de componentes do motor a partir da próxima semana.

O recall, o primeiro da marca em 2011, envolve 101,6 mil sedãs New Civic, um dos mais vendidos pela montadora no Brasil, de modelos entre 2008 e 2011. Entre 2008 e 2010, a montadora vendeu cerca de 149 mil Civics no Brasil, segundo dados da associação de concessionários, Fenabrave.

A convocação está sendo feita para substituição de parafusos da polia da bomba d'água dos motores dos veículos. Apesar de não ter identificado problemas decorrentes do componente, a Honda decidiu trocar os parafusos do componente de todos os veículos envolvidos no recall.

Segundo a Honda, os componentes podem se desprender, o que, em casos extremos, pode fazer o motor parar com o carro em movimento. O problema pode dificultar o controle do veículo, "com risco de colisão".

A montadora japonesa anunciou em maio corte de 50 por cento da produção de sua fábrica em Sumaré, no interior de São Paulo, por causa da escassez de peças de fornecedores atingidos pelo terremoto e tsunami que arrasaram o nordeste do Japão em março.

Apesar de sinais de recuperação mais rápida que a esperada do setor automotivo japonês, a Honda no Brasil segue produzindo em ritmo reduzido, informou a assessoria de imprensa da companhia no país.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSHONDARECALL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.