Horizonte Minerals busca projeto de ouro no Brasil

A Horizonte Minerals, empresa listada na Bolsa de Londres, está planejando comprar um projeto de ouro no Brasil. O executivo-chefe da companhia, Jeremy Martin, afirmou que está procurando um projeto de ouro para adicionar à carteira de negócios da companhia. Segundo ele, a Horizonte Minerals está procurando um ativo que possua recursos de 150 mil a 200 mil onças-troy de ouro.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

27 de outubro de 2010 | 13h02

Martin ressaltou, porém, que a companhia não está correndo para realizar a aquisição e vai aguardar a oportunidade certa. Para ele, o foco da Horizonte Minerals no curto prazo continua a ser seu promissor projeto de níquel Araguaia, onde os trabalhos de perfuração já foram iniciados.

O Araguaia foi adquirido da Teck Resources neste ano, em um acordo que deu à mineradora canadense uma participação de 50% na Horizonte Minerals. A companhia acredita que o Araguaia possua cerca de 100 milhões de toneladas de minério de níquel. Martin acrescentou que agora não é o melhor momento para adquirir ativos de ouro, porque o alto preço do metal indica que as avaliações são altas e a concorrência, feroz. Mas ele acrescentou que há projetos promissores no mercado. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.