HP tem queda de 32% no lucro do 2.º trimestre fiscal

A Hewlett-Packard (HP) registrou um lucro líquido de US$ 1,08 bilhão (US$ 0,55 por ação) no segundo trimestre fiscal, uma queda de 32% ante o lucro de US$ 1,59 bilhão (US$ 0,80 por ação) do mesmo período de 2012. A receita caiu 10%, para US$ 27,58 bilhões, e ficou abaixo do projetado pelos analistas da Thomson Reuters, de US$ 28,01 bilhões.

AE, Agencia Estado

22 de maio de 2013 | 18h25

No entanto, por volta das 18 horas (de Brasília), as ações da empresa saltavam 12,72% no after hours da Bolsa de Nova York, depois de a companhia fornecer uma projeção de ganhos para o atual trimestre acima do esperado pelo mercado. A empresa prevê lucro de US$ 0,84 a US$ 0,87 por ação, enquanto os analistas projetam um valor de US$ 0,83 por ação. A expectativa de ganhos para o ano inteiro também foi revista para cima, para uma faixa de US$ 3,50 a US$ 3,60. Antes, o limite inferior da estimativa era de US$ 3,40.

O segundo trimestre do ano fiscal, que se encerrou no dia 30, marcou o sétimo trimestre consecutivo de queda nas vendas. Desde 2010, a empresa teve três executivos-chefes e tentou diversas estratégias. A atual diretora executiva da HP, Meg Whitman, disse nesta quarta-feira que o lucro acima do esperado no trimestre foi puxado por um desempenho melhor nos serviços empresariais e em impressão, junto com uma melhora nas operações e uma captura mais acelerada das economias proporcionadas pela reestruturação. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HPlucro líquido2º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.