HRT vende para TNK 45% em blocos no Solimões

A HRT Participações em Petróleo anunciou hoje o fechamento da negociação com a subsidiária brasileira da petroleira russa TNK-BP sobre a fatia de 45% dos direitos de concessão sobre 21 blocos localizados na Bacia do Solimões, área de cerca de 48,5 mil quilômetros quadrados. Pelo acordo de "farm-in" (compra de participação nos blocos de exploração), assinado entre a subsidiária HRT O&G Exploração e Produção de Petróleo e a TNK-Brasil, a HRT permanecerá como operadora dos blocos e receberá US$ 1 bilhão ao longo de dois anos.

AE, Agencia Estado

31 de outubro de 2011 | 09h39

A transferência ocorrerá assim que a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovar a cessão de direitos de concessão da Petra Energia para a HRT O&G - opção de compra exercida no dia 25 de maio passado.

De acordo com comunicado divulgado na manhã de hoje, a HRT O&G terá direito a pagamentos adicionais pela TNK-Brasil de até US$ 5 bilhões, "que incluem o reembolso de custos passados e pagamentos futuros ("earn-out"), US$ 0,73/bbl para cada barril acima de 500 milhões de BOE do total de reservas 2P", por um período de dez anos a contar da data de aprovação pela ANP.

A TNK-Brasil terá a opção ("call"), para exercício a partir de 30 meses contados da data, de adquirir 10% adicionais dos direitos de concessão da HRT no Solimões, a ser precificada com base nos valores de recursos e reservas. Se não ocorrer o exercício da call, a HRT O&G terá o direito de venda dessa fatia para a TNK-Brasil ("put"), em termos similares. A negociação foi assessorada pela Vinson & Elkins LLP e pelo Goldman Sachs.

Tudo o que sabemos sobre:
HRTTNKpetróleocompraSolimões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.