HSBC confirma acordo para venda de área no Chile

Venda está sujeita à aprovação das autoridades reguladoras e deve ser finalizada no quarto trimestre deste ano 

Álvaro Campos, da Agência Estado,

29 de setembro de 2011 | 13h47

O HSBC Holdings informou nesta quinta-feira, 29, que chegou a um acordo com o Itaú Unibanco para vender sua unidade de varejo no Chile para o grupo brasileiro. A venda está sujeita à aprovação das autoridades reguladoras e deve ser finalizada no quarto trimestre deste ano, segundo comunicado. O valor da transação, no entanto, não foi revelado.

As operações do HSBC no Chile são focadas em consumidores de maior poder aquisitivo, com cerca de 4 mil clientes e quase US$ 20 milhões em ativos. O Itaú iniciou sua operações no Chile em 2006, quando comprou os ativos do BankBoston, e atualmente a unidade tem US$ 6,7 bilhões em ativos.

O HSBC continuará operando no país, concentrando suas forças no Global Banking, Investment Banking and Markets e Commercial Banking. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
varejoacordovendaHSBCItaúChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.