HSBC negocia fatia na 2ª maior seguradora chinesa

O HSBC Holdings está em conversações para vender sua participação na segunda maior companhia de seguro da China, em um acordo que poderia resultar em um lucro de US$ 7,5 bilhões para o banco britânico. As ações do banco fecharam neseta segunda-feira em alta de 3,78% na Bolsa de Londres.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

19 de novembro de 2012 | 15h09

O HSBC, que está sob pressão para aumentar seus retornos, afirmou que estava negociando com um potencial comprador não identificado sua participação de 15,6% na Ping An Insurance (Group) Co. of China. A fatia estaria avaliada em US$ 9,17 bilhões nos valores atuais.

Embora as ações da Ping An estejam em queda neste ano, o valor de mercado da participação do HSBC na seguradora é praticamente seis vezes o preço que o banco pagou pelo investimento uma década atrás.

O HSBC comprou primeiro uma fatia de 10% na Ping An em 2002, por US$ 600 milhões, dois anos antes da listagem da empresa em Hong Kong, e é o maior acionista unitário da seguradora. O banco fez outra compra de participação, de 9,91%, em 2005, por US$ 1,04 bilhão, que foi diluída após uma colocação de ações de 2011. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HSBCparticipaçãoPing An

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.