HSBC reserva US$ 2 bi para investigação nos EUA; Lucro cai

O banco britânico lucrou US$ 8,15 bilhões no primeiro semestre deste ano, 9% menor que o ganho obtido no mesmo período do ano passado

Sérgio Caldas, da Agência Estado,

30 de julho de 2012 | 09h01

O banco britânico HSBC informou nesta segunda-feira que teve lucro líquido de US$ 8,15 bilhões no primeiro semestre deste ano, 9% menor que o ganho de US$ 8,93 bilhões obtido no mesmo período do ano passado, devido ao aumento de provisões para cobrir o impacto de uma investigação nos EUA sobre lavagem de dinheiro e a venda inadequada de produtos financeiros.

O presidente-executivo do HSBC pediu desculpas nesta segunda-feira porvergonhosos e constrangedores erros cometidos sobre controles contralavagem de dinheiro. O banco separou US$ 2 bilhões de dólares para cobrir ocusto de investigações nos Estados Unidos e para compensar clientes noReino Unido sobre vendas de produtos questionáveis.

O lucro operacional total do banco ficou em US$ 43,7 bilhões nos primeiros seis meses do ano, ante US$ 42,3 bilhões no período equivalente de 2011.

No semestre, o HSBC fez uma provisão de US$ 700 milhões para cobrir possíveis multas relacionadas a um relatório do Senado norte-americano, segundo o qual as operações globais do banco foram usadas para lavagem de dinheiro e potencial financiamento de atividades terroristas. Segundo o executivo-chefe do HSBC, Stuart Gulliver, as multas nos EUA poderão ser muito maiores. "O que aconteceu no México e EUA foi vergonhoso", disse.

Além disso, o HSBC separou outro US$ 1,3 bilhão para compensar clientes britânicos pela venda de produtos financeiros que se revelaram ineficazes. Também pesou no balanço o fato de o banco ter elevado salários na Ásia.

Às 8h47 (de Brasília), as ações do HSBC subiam 0,79% na Bolsa de Londres. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HSBCbalanço1º semestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.