Hyundai quer vender 16% mais no Brasil neste ano

No 2º semestre de 2012, montadora pretende inaugurar sua 1ª fábrica na América Latina, em Piracicaba (SP)

Reuters,

25 de fevereiro de 2011 | 11h07

A Hyundai Motor espera contabilizar vendas de 93 mil veículos no Brasil este ano, após atingir cerca de 80 mil unidades vendidas em 2010. O volume representaria um incremento anual de 16,3% antes do início da entrada em operação da primeira fábrica da companhia na América Latina. 

A montadora sul-coreana anunciou nesta sexta-feira o início da construção de uma fábrica em Piracicaba, interior de São Paulo, com investimentos da ordem de US$ 600 milhões.

A planta, que terá capacidade para produção de 150 mil veículos por ano, deve entrar em operação no segundo semestre de 2012, segundo a empresa.

Inicialmente, a produção brasileira será voltada para o modelo compacto HMB, desenvolvido especificamente para o Brasil, enquanto outros modelos podem ser fabricados a partir de 2013, ano em que a montadora espera ter cerca de 10% de participação no mercado brasileiro, superando a Ford.

O anúncio da Hyundai acontece em meio a uma torrente de projetos de novas fábricas de veículos no Brasil, de empresas como a chinesa Chery Automobile - que pretende investir 400 milhões de dólares para ter sua primeira unidade pronta em 2013 -, além de gigantes globais como Toyota e Fiat.

"O Brasil está se tornando uma das maiores potências econômicas através do crescimento econômico estável e o aumento dos investimentos estrangeiros, e o Estado de São Paulo é o coração da economia do Brasil", disse o vice-presidente da Hyundai Motor, Jong-Woon Shin.

Vale ressaltar que, por serem importados, os veículos comercializados no Brasil contam com incidência de 35% de impostos.

A Hyundai conta atualmente com nove fábricas no mundo, sendo três na Coreia do Sul e uma em cada um dos seguintes países: China, Rússia, Índia, Turquia, República Tcheca e Estados Unidos, onde a capacidade de produção é de 300 mil unidades. (Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSHYUNDAIBRASIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.