Iberdrola tem alta de 15,2% no lucro líquido no 1º sem

O lucro líquido da empresa espanhola Iberdrola SA subiu 15,2% no primeiro semestre deste ano, para 1,8 bilhão de euros, de 1,56 bilhão em igual período do ano passado. Na mesma comparação, a receita cresceu 9,3% para 16,99 bilhões de euros.

PATRÍCIA BRAGA, Agencia Estado

25 de julho de 2012 | 10h38

Analistas da Factset previam lucro de 1,5 bilhão de euros. Às 10h02 de Brasília, as ações da empresa de produção e distribuidora de energia subiam 1,35% na Europa. A companhia informou que suas operações internacionais ajudaram na obtenção dos lucros, amortecendo o desempenho fraco em seus mercados domésticos, onde as turbulências econômicas pioraram: a Espanha, que continua a sofrer com os efeitos do colapso em uma década de bolha imobiliária, e o mercado particularmente fraco. A produção e distribuição de eletricidade no país caiu 17,8% e 1,3% respectivamente, embora o setor tenha crescido 1,2% e 34,3% na América Latina.

A empresa informou que suas operações internacionais continuarão a marcar o crescimento futuro, e que qualquer investimento será em países com "regulamentações estáveis e objetivas" bem definidas. Analistas disseram que os fortes resultados positivos se devem, em parte, à empresa brasileira Elektro Eletricidade e Servicio SA.

Durante anos, a Iberdrola manteve o foco no crescimento na América Latina, particularmente no Brasil, onde a empresa está tentando se tornar majoritária na Neoenergia SA. Os executivos da Iberdrola disseram que esperam combinar essa empresa com a Electro, a empresa brasileira de serviços que o grupo espanhol comprou em 2010, esforços que estão paralisados. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Iberdrolabalançosegundo trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.