Imóveis de até 130 m² lideram vendas no 1º semestre, diz Secovi

Imóveis com esta área representaram 86,9% do total comercializado na capital paulista no período

Fabiana Holtz, da Agência Estado,

19 de agosto de 2010 | 10h24

A venda de imóveis com área útil de até 130 metros quadrados representaram 86,9% do total comercializado na capital paulista no primeiro semestre deste ano, conforme pesquisa do Sindicato das Empresas de Compra, Locação e Administração de Imóveis Comerciais de São Paulo (Secovi-SP) divulgada nesta quinta-feira, 19. Esse tipo de classificação por área útil se fez necessária recentemente e passou a integrar a pesquisa neste ano.

Dentro desse nicho, os imóveis com área útil média entre 46 metros quadrados e 65 metros quadrados se destacaram, com 35,7% do total vendido no período de janeiro a junho. Os números confirmam, segundo o Secovi, que o mercado imobiliário está aderente às mudanças socioeconômicas, com ascensão da classe média e consequente mobilidade social.

Em nota, o sindicato chama a atenção para o fato de que apesar do bom momento do setor é importante lembrar que ainda será preciso lançar em torno de 24 mil unidades para atender a expectativa atual de demanda.

Embora as oportunidades existam, o presidente do Secovi-SP, João Crestana, pondera que alguns entraves ainda precisam ser solucionados. Entre os problemas mais urgentes o dirigente cita a necessidade de padronização dos contratos, a concentração dos registros na matrícula dos imóveis e a redução burocrática de processos de aprovação de projetos.

Tudo o que sabemos sobre:
imóveisSecovivendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.