Inadimplência de empresas do Brasil sobe 13,4% em setembro, aponta Serasa

A inadimplência das empresas no Brasil cresceu 13,4 por cento em setembro ante igual mês do ano passado, a maior alta na comparação anual desde outubro de 2012, informou nesta terça-feira a Serasa Experian.

REUTERS

28 de outubro de 2014 | 09h36

Na comparação com agosto, no entanto, o índice caiu 0,5 por cento. Já no acumulado de janeiro a setembro, a inadimplência das empresas no país subiu 7,4 por cento.

Economistas da Serasa Experian disseram em nota que o fraco desempenho da atividade econômica, prejudicando a geração de caixa das empresas, e a elevação dos custos favoreceram o avanço da inadimplência no ano.

Em setembro, apenas, as dívidas das empresas junto aos bancos avançaram levemente sobre agosto, com alta de 0,1 por cento, enquanto os títulos protestados cresceram 6,8 por cento.

Os cheques sem fundo e as dívidas não bancárias caíram 11,9 por cento e 0,2 por cento, respectivamente, em setembro ante agosto, informou a Serasa Experian.

(Por Renan Fagalde, edição de Marcela Ayres)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASINADIMPLENCIACOMPANHIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.