Índice de atividade industrial do Fed de Chicago cai a -0,58 em setembro

Um valor zero significa que a expansão econômica está em linha com as tendências históricas e leituras negativas sugerem crescimento abaixo da média

Danielle Chaves, da Agência Estado,

25 de outubro de 2010 | 11h03

O índice de atividade nacional do Federal Reserve de Chicago caiu para -0,58 em setembro, do dado revisado de -0,49 em agosto. Originalmente o índice de agosto havia sido calculado em -0,32. A média móvel mensal diminuiu para -0,33 em setembro. Um valor zero significa que a expansão econômica está em linha com as tendências históricas e leituras negativas sugerem crescimento abaixo da média.

Uma queda no dado sobre produção ofuscou a melhora nos índices para vendas, emprego, consumo e setor imobiliário. A categoria de produção recuou para -0,17 em setembro, de -0,02 em agosto.

O consumo e o setor imobiliário continuaram sendo os mais fracos dos quatro grandes setores acompanhados no índice de atividade industrial do Fed de Chicago, e subiram apenas marginalmente em setembro, para -0,39, de -0,40 em agosto. O indicador para emprego também mostrou melhora pequena, para -0,05, de -0,06.

As vendas, encomendas e estoques representaram a única categoria positiva no índice, subindo para 0,05 em setembro, de -0,01 em agosto.

O Fed de Chicago elaborou o índice de atividade nacional usando informações disponíveis até 21 de outubro, quando havia dados publicados sobre 52 das 85 medidas que entram no cálculo do indicador. Estimativas foram usadas para o restante. Entre essas medidas, 44 caíram em setembro, mais do que as 42 que se deterioraram em agosto.

As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
ChicagoatividadeFederal ReserveFed

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.