Índice de confiança do consumidor sobe na Alemanha

Sentimento do consumidor medido pelo índice GfK atingiu em deve subir em fevereiro para o nível mais alto desde outubro de 2010

Danielle Chaves, da Agência Estado,

25 de janeiro de 2011 | 09h49

O sentimento do consumidor da Alemanha deverá subir em fevereiro para o nível mais alto desde outubro do ano passado, beneficiando-se de uma boa perspectiva para o mercado de trabalho, que vai contrabalançar os receios com a inflação por enquanto.

O índice de confiança do consumidor alemão medido pelo grupo de pesquisa GfK para fevereiro subiu para 5,7 pontos, de 5,5 pontos em janeiro, em dado revisado. A primeira leitura de janeiro havia apontado 5,4 pontos. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperavam para fevereiro um índice de 5,4 pontos.

O índice GfK geral se refere ao próximo mês, mas seus subíndices referem-se ao mês atual. Em janeiro, o subíndice de expectativas econômicas permaneceu inalterado em relação a dezembro, em 58,8 pontos. O subíndice de expectativas sobre a renda caiu para 37,7 pontos, de 40,3 pontos. O subíndice de propensão para compras aumentou para 41,8 pontos em janeiro, o nível mais alto desde dezembro de 2006, de 33,8 pontos em dezembro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhaconsumidoríndicesentimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.