Índices acionários dos EUA têm melhor ano desde 2003

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam 2009 nesta quinta-feira com seu primeiro ganho anual em dois anos, graças à solidez dos papéis de tecnologia e de recursos naturais que foram ajudados por apostas de que a recuperação econômica ajudará o lucro dessas empresas.

REUTERS

31 de dezembro de 2009 | 19h34

Alguns investidores, no entanto, buscaram embolsar lucros na última sessão do ano, o que levou os índices a fecharem a quinta-feira no vermelho.

O índice Dow Jones caiu 1,14 por cento, para um fechamento preliminar de 10.428 pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 1 por cento, aos 1.115 pontos, o que representa uma alta de 60 por cento em relação à mínima do ano registrada em março.

O termômetro de tecnologia Nasdaq perdeu 0,97 por cento, aos 2.269 pontos.

O S&P 500 encerrou 2009 com ganho de 23,5 por cento --maior ganho anual desde 2003. Em 2008, o S&P 500 havia caído 38,5 por cento.

Já o Dow Jones encerrou o ano com valorização de 18,8 por cento, enquanto o Nasdaq fechou 2009 com salto de 43,9 por cento.

(Reportagem de Ellis Mnyandu)

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.