Inflação semanal desacelera alta em 3 de 7 capitais

Em contrapartida, houve aceleração da alta da taxa em São Paulo, onde a inflação foi de 0,66%  da 2ª quadrissemana de abril

Renata Pedini, da Agência Estado,

17 de abril de 2012 | 08h41

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) perdeu força na segunda quadrissemana de abril em três das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Considerando todas as capitais, o IPC-S do período compreendido entre os dias 16 de março e 15 de abril de 2012 subiu 0,57%. A taxa ficou 0,01 ponto porcentual abaixo da divulgada na apuração anterior, de até 7 de abril (0,58%).

Na passagem da primeira quadrissemana para a segunda quadrissemanas do mês, em Salvador, a inflação desacelerou a alta de 0,44% para 0,30%; em Brasília passou de 0,72% para 0,60%; e no Recife, de 0,79% para 0,59%.

Em contrapartida, houve aceleração da alta da taxa em São Paulo, onde a inflação saiu de 0,59% para 0,66%, no mesmo período. O mesmo comportamento foi observado em Belo Horizonte (0,33% para 0,41%), Rio de Janeiro (0,57% para 0,58%) e Porto Alegre (0,63% para 0,65%). 

Tudo o que sabemos sobre:
IPC-SFGVinflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.