Intel anuncia problema em chipset e revê projeções

A Intel anunciou que descobriu um defeito de projeto em um chip de suporte (chipset) para microcomputadores, o Cougar Point, usado em computadores que utilizam os processadores da linha Sandy Bridge. A empresa disse que já começou a produzir uma versão corrigida e deverá começar a entregar essa versão no fim de fevereiro.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

31 de janeiro de 2011 | 14h14

Segundo a Intel, esse problema deverá ter um impacto de US$ 300 milhões em sua receita no primeiro trimestre de 2011; como parte da produção afetada é do quarto trimestre de 2010, a empresa rebaixou sua expectativa para a margem bruta de lucros daquele período em 4 pontos porcentuais, dos 67,5% que havia anunciado anteriormente.

A Intel também anunciou a conclusão da aquisição da unidade de soluções para telefonia celular da alemã Infineon Technologies e que a aquisição da produtora de software antivírus McAfee deverá estar concluída até o fim do primeiro trimestre.

Com isso, a Intel revisou sua expectativa de receita para o primeiro trimestre de US$ 11,5 bilhões para US$ 11,7 bilhões mais ou menos US$ 400 milhões; a expectativa de margem bruta foi revisada para 61% mais ou menos 2 pontos porcentuais, de 64%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
tecnologiaIntelchipdefeito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.