Interação: Sebrae responde dúvidas sobre empreendedorismo dos leitores do PME

Última parte da série aborda questões sobre loja virtual e gestão

Estadão PME, O Estado de S. Paulo

23 de janeiro de 2015 | 07h11

 

A ação entre Estadão PME e Sebrae-SP de responder às principais dúvidas dos empreendedores chega em sua quinta e última parte. Entre os dias 6 e 16 de janeiro, foram enviadas perguntas por e-mail, pelos comentários no site e nas redes sociais para que consultores da instituição pudessem esclarecê-las aos leitores do site.

Ao longo desta semana, duas respostas foram publicadas por dia, e as de hoje são sobre categorias de formalização como Microempreendedor Individual (MEI) e contratação de serviço de contador.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O Sebare-SP já faz consultorias gratuitamente, seja presencialmente em suas unidades espalhadas pelo estado ou pelo telefone (0800-570-0800). Em 2013, os consultores atenderam 467 mil empresas, além de 210 mil pessoas físicas interessadas em abrir o seu próprio negócio.

:: Confira as perguntas desta última parte da ação ::

Sou artesã e trabalho como autônoma. Gostaria de evoluir para Micro Empreendedor Individual e para esta categoria é possível esta migração. Porém, o que me impede é o canal que utilizo para fazer a divulgação dos produtos, a internet. Minha dúvida é: se como MEI posso ter uma loja virtual dos produtos que faço?

Autora: Erika Rossi Júlio

Resposta: Uma vez analisada a permissão da atividade como Microempreendedor Individual, o empreendedor deve no ato da formalização [cadastro] selecionar a “internet” como forma de atuação. Como a loja virtual é um canal de divulgação, é importante que ele descreva as políticas de entrega, devolução, pagamento e privacidade. Por ser um trabalho de artesanato, a descrição dos produtos, tais como, tamanho, peso, cores e materiais utilizados devem ser apresentada com clareza. Imagine, por exemplo, que a descrição seja a explicação de uma venda presencial.

Outro ponto relevante e que gera mais credibilidade são os canais de atendimento como telefones e chats para sanar dúvidas pontuais. O empreendedor pode contar com dois programas parceiros do Sebrae para montar sua loja virtual sem custos: www.marketup.com, um sistema integrado de gestão com loja virtual, e o www.primeiroecommerce.com.br, iniciativa do Sebrae e Mercado Livre. Caso queira, pode contar com consultores especialistas do Sebrae. Basta agendar uma consultoria pelo 0800-570-0800.

Crédito: Fabiano Akiyoshi Nagamatsu, consultor do Sebrae-SP.

--------------------------------------------------------------

É conveniente que o empreendedor mantenha um serviço de contador mesmo depois de se transformar em um MEI?

Autora: Francine Aquino

Resposta: Para o microempreendedor individual, está desobrigada a contratação de um contador, sendo assim, a contabilidade formal como livros diários, livro caixa e razão é dispensada. Porém, o empreendedor deve zelar pela atividade e manter o controle em relação à compra e venda, bem como às obrigações, responsabilidades e cuidados ao MEI.

Assim, o empreendedor, além de controles de gestão financeira e administrativa, terá que preencher todo mês o Relatório Mensal das Receitas Brutas e realizar o pagamento do DAS [Documento de Arrecadação do Simples] que estão disponíveis no Portal do Empreendedor.

Alguns empreendedores preferem contratar o serviço de contador para realizar os serviços de registro do funcionário. Contudo, caso queira fazer por conta própria, basta seguir as instruções aqui ou pode contar com consultores especialistas do Sebrae. Para isso, agende uma consultoria pelo 0800-570-0800.

Crédito: Fabiano Akiyoshi Nagamatsu, consultor do Sebrae-SP.

SERVIÇO

Feira do Empreendedor

Local: Expo Center Norte - Pavilhão Verde, São Paulo

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme

Data: de 07 a 10 de fevereiro

Sábado a terça-feira: 10h às 21h

Entrada franca

Inscrições no site: feiradoempreendedor.sebraesp.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
SebraeEmpreendedorismoNegócios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.