Investidor Nelson Peltz compra fatia de 2,2% na DuPont

O investidor Nelson Peltz comprou uma participação de 2,2% na DuPont, avaliada em US$ 1,3 bilhão, afirmou uma fonte, e pressionará para que a empresa química melhore sua perspectiva de crescimento de longo prazo.

Agencia Estado

15 de agosto de 2013 | 14h21

O Trian Fund Management de Peltz se reuniu nas últimas semanas com a executiva-chefe da DuPont, Ellen Kullman, para discutir ideias, disse a fonte, acrescentando que o Trian detém agora mais de 21 milhões de ações da companhia.

"Nós avaliaremos qualquer ideia que Trian possa ter no contexto das iniciativas em andamento para gerar valor mais alto e maior crescimento da empresa para os acionistas", disse o porta-voz da DuPont, Michael Hanretta.

Em um documento regulatório, a companhia revelou que adotou um plano de indenizações para altos executivos em caso de mudança de controle, incluindo uma cláusula que garante a Kullman três vezes seu salário base anual e bônus. No mês passado, a companhia disse que estudava a venda de seu negócio de refrigerantes e pigmentos para pintura. A unidade reportou US$ 1,7 bilhão em receita no segundo trimestre, em torno 20% das vendas totais. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
DuPontNelson Peltz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.