Investimento estrangeiro direto em 12 meses é recorde

Em 12 meses até abril, o ingresso de IED subiu para US$ 63,682 bilhões, o equivalente a 2,93% do PIB, informou o BC

Adriana Fernandes e Fabio Graner, da Agencia Estado,

25 de maio de 2011 | 10h53

O fluxo de investimentos estrangeiros diretos no País, em abril, somou US$ 5,512 bilhões. No acumulado do ano, de janeiro a abril, a entrada líquida de IED somouUS$ 22,985 bilhões, o equivalente a 3,04% do PIB. Esse ingresso é quasetrês vezes superior ao fluxo que ingressou no País no mesmo período doano passado, de US$ 7,740 bilhões. Em 12 meses até abril, o ingresso deIED subiu para US$ 63,682 bilhões, o equivalente a 2,93% do PIB. Atémarço, o fluxo em 12 meses estava em US$ 60,399 bilhões.

O chefe do departamento econômico do Banco Central, Túlio Maciel, informou que o saldo acumulado em 12 meses foi o melhor resultado acumulado da série. Em maio, o IED até hoje está em US$ 2,7 bilhões e o BC prevê que feche o mês em US$ 2,9 bilhões.

O valor de abril superou a expectativa do Banco Central, que projetou, no mês passado, um ingresso líquido de US$ 4,3 bilhões. A entrada de investimentos estrangeiros em abril foi maior do que a registrada no mesmo mês do ano passado, quando chegaram US$ 2,228 bilhões.

O Banco Central projeta para o ano o ingresso de US$ 55 bilhões. 

Ações

O ingresso total de investimentos estrangeiros em ações no mês de abril somou US$ 938 milhões. De janeiro a abril, o ingresso ficou em US$ 1,687 bilhão ante US$ 8,573 bilhões no mesmo período do ano passado. Em abril de 2010, o ingresso total para investimentos em ações foi de US$ 3,302 bilhões. No total de investimentos em ações em abril, US$ 952 milhões foram negociados no País. Já as transações feitas com ADRs, no exterior, registraram saída líquida de US$ 14 milhões.

O fluxo de investimentos em renda fixa somou em abril US$ 1,830 bilhão. O valor é maior do que o registrado em abril do ano passado, quando o fluxo foi de US$ 3,995 bilhões. No acumulado do ano, o ingresso líquido de investimentos em títulos de renda fixa soma US$ 6,951 bilhões. No mesmo período do ano passado, o fluxo líquido de investimentos para aplicações em títulos de renda fixa somou US$ 8,053 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.