USP Imagens
USP Imagens

Investimentos em mídia chegam a R$ 20 bilhões em 2021; veja ranking de agências

WMcCann manteve a liderança de mercado; Publicis Brasil subiu 10 posições e assumiu o 2.º lugar, enquanto Africa foi para 3.º na lista da Cenp-Meios 

Lucas Agrela, O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2022 | 13h06

Os investimentos em mídia feitos por agências de publicidade no País totalizaram R$ 20 bilhões em 2021, salto de 40,8% ante os R$ 14,2 bilhões registrados no ano anterior. 

Segundo levantamento do Cenp-Meios, o montante já supera a cifra desse mercado antes da pandemia de covid-19. Em 2019, o investimento foi de R$ 17,5 bilhões. Em dois anos, o crescimento observado foi de 14,2%. No entanto, o número de agências participantes foi maior em 2021, cerca de 300, ante 217 em 2020 e 226 em 2019.

“Aconteceu antes, acontecerá no futuro: sempre que se quer acelerar o fim de uma crise, a publicidade é uma ferramenta indispensável, poderosa e rápida”, diz Luiz Lara, presidente do Cenp, em nota. De acordo com estudo realizado pela Deloitte no ano passado, cada real investido em publicidade se converteu em R$ 8,54 para a economia brasileira.

Ranking

No levantamento anual feito pelo Cenp, fórum da autorregulação do mercado publicitário, a WMCann manteve a liderança como maior agência do País, por investimento de mídia, seguida pela Publicis Brasil, que subiu 10 posições de um ano para o outro, e pela Africa, que foi do 2.º lugar em 2020 para o 3.º em 2021. Além disso, a Almap BBDO subiu duas posições, chegando ao 4.º lugar, enquanto a DPZ&T perdeu duas em 2021.

Veja, a seguir, a lista das 10 maiores agências do País. Confira o ranking completo no site do Cenp.

1.ª WMCann 

2.ª Publicis Brasil

3.ª Africa 

4.ª Almap BBDO

5.ª DPZ&T

6.ª BECT Havas

7.ª VMLY&R

8.ª Artplan

9.ª Wunderman Thompson

10.ª Leo Burnett Tailor Made

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.