Investimentos da Usiminas recuam 35,5% no 3º trimestre

Os investimentos da Usiminas no terceiro trimestre do ano chegaram a R$ 237,9 milhões, o que representou um recuo de 35,5% ante o visto no mesmo período do ano passado. Na comparação com o segundo trimestre do ano o capex caiu 9%, segundo a empresa.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

30 de outubro de 2013 | 09h52

A redução dos investimentos da companhia, de acordo com informações que constam no documento que acompanha o demonstrativo financeiro, está "em linha com a estratégia de otimização do capex". Do total investido no período, 72% foram destinados à divisão de siderurgia, 24% para mineração e 4% para transformação do aço.

A Usiminas recordou que, no intervalo de julho a setembro, a nova Linha de Decapagem entrou em fase de testes na Usina de Cubatão e já se encontra em operação. "O objetivo é atender à demanda de mercado por produtos decapados de alto valor agregado, para produção de rodas leves, peças automotivas, entre outros", informou a empresa em documento enviado à imprensa.

A Coqueria 2, na Usina de Ipatinga, está em reforma, para aumentar a geração própria de coque, com previsão de início em 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.