IPO de gigante do alumínio atrai investidores peso-pesado

A endividada gigante do alumínio UC Rusal assegurou apoio de um membro da família Rothschild, bem como de um dos homens mais ricos do sudeste da Ásia, como investidores em uma oferta pública inicial de ações (IPO) que bancos afirmam que poderá avaliar a companhia em até 25 bilhões de dólares.

POLINA DEVITT E KENNIX CHIM, REUTERS

29 de dezembro de 2009 | 15h36

Um fundo norte-americano de hedge que fez bilhões de dólares em lucro no ano passado também está entre os quatro principais investidores para o IPO em Hong Kong planejado para janeiro pela maior produtora de alumínio do mundo, afirmam duas fontes envolvidas na oferta.

O IPO de cerca de 2 bilhões de dólares é um passo importante para a companhia russa, que está tentando levantar dinheiro para pagar 14,9 bilhões de dólares em dívida e também para Hong Kong, um centro financeiro que está tentanto atrair mais companhias abertas de fora da Ásia.

Quatro dos 16 bancos que participam do IPO avaliaram a companhia como valendo entre 18,7 bilhões e 24,7 bilhões de dólares, acima da faixa de 17 bilhões a 22 bilhões de dólares, citada em 25 de dezembro por fontes próximas da operação.

A presença dos principais investidores, que compram ações antes da oferta pública e prometem mantê-las em carteira até uma data posterior, dá impulso para um IPO que foi adiado por preocupações regulatórias e tem sido considerado como fora do alcance de investidores de varejo.

Os principais investidores incluem a companhia de investimentos de Nathaniel Rothschild; Robert Kuok Hock Nien, o empresário sino-malaio considerado dono de fortuna de 10 bilhões de dólares; e Paulson & Co, o fundo de hedge de Nova York administrado pelo bilionário John Paulson.

As fontes também citaram o banco estatal russo VEB, que já se comprometeu a comprar quase um terço da fatia de 10 por cento que a UC Rusal oferecerá no IPO.

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIARUSALIPO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.