IPO de Santander mexicano deve ser em 25 de setembro

O banco Santander planeja listar as futuras ações de sua unidade mexicana na Bolsa local e em Nova York no dia 25 de setembro, segundo a Reuters, que citou fontes com conhecimento do assunto. De acordo com a agência de notícias, a instituição financeira planeja levantar entre US$ 3 bilhões e US$ 4 bilhões com a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

RAYANI DOS SANTOS, ESPECIAL PARA A AGÊNCIA ESTADO, Agencia Estado

24 de agosto de 2012 | 16h45

Ainda conforme as fontes ouvidas pela Reuters, o Santander mexicano só vai mudar o dia do IPO se as condições do mercado, principalmente o europeu, piorarem significativamente. As fontes ouvidas pela agência afirmam que o plano do banco é vender 25% da unidade, pouco mais de 6% seriam listados no México e 18,7% em Nova York.

Segundo a reportagem, as datas dos road shows devem ser definidas em breve, mas ainda seria muito cedo para falar sobre o preço das ações. O Santander é o terceiro maior banco do México em termos de ativos. No final de julho, a instituição possuía 841 bilhões de pesos mexicanos (cerca de US$ 64,1 bilhões) em ativos e uma carteira de empréstimos de 338,9 bilhões de pesos. O IPO do Santander será o terceiro este ano na Bolsa de Valores do México.

Tudo o que sabemos sobre:
SantanderMéxicoIPO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.