SERGIO MORAES | REUTERS
SERGIO MORAES | REUTERS

Itaú oferece R$ 1,28 bilhão ao BMG para ficar com o Itaú BMG Consignado

Maior banco do País fechou acordo para adquirir 40% do capital da joint venture com o BMG; efeitos, no entanto, não serão sentidos na carteira do banco este ano

Reuters

30 Setembro 2016 | 22h06

O Itaú Unibanco acertou na quinta-feira, 29, acordo para comprar o restante da participação no banco Itaú BMG Consignado por cerca de R$ 1,28 bilhão, passando a controlar totalmente a instituição.

O maior banco privado do País afirmou que o acordo envolve a aquisição de 40% do capital total do Itaú BMG Consignado.

O valor da transação será atualizado pela variação do CDI desde 31 de dezembro do ano passado até a data da transferência das ações, após serem cumpridas condições previstas no contrato, incluindo as autorizações regulatórias necessárias.

"O Itaú Unibanco e o BMG manterão uma associação por meio da celebração de um novo acordo comercial para distribuição de empréstimos consignados do Itaú BMG Consignado e de suas afiliadas, com exclusividade, em determinados canais de distribuição vinculados ao BMG e a suas afiliadas", afirmou o banco em comunicado ao mercado.

A carteira do Itaú BMG Consignado somou no final de agosto cerca de R$ 29 bilhões e o Itaú Unibanco afirmou que a transação não terá efeitos relevantes para o banco neste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.