Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Itaú permitirá que cliente ‘pule’ duas parcelas de crédito imobiliário a cada 12 meses

Opção embutirá juros e encargos, caso seja usada – esses valores serão diluídos nas demais parcelas, conforme explicou a instituição financeira

Matheus Piovesana, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2021 | 21h01

O Itaú Unibanco vai permitir que os clientes de financiamento imobiliário "pulem" até duas parcelas dos financiamentos a cada 12 meses. O novo serviço, chamado Pula Parcela, estará disponível para clientes que já possuem financiamentos e estejam em dia com as prestações, e também para novos contratos. O valor das parcelas postergadas, além dos juros e encargos, será diluído nas demais.

O banco afirma que a iniciativa dará aos clientes flexibilidade em seu planejamento financeiro. "Ouvindo os clientes, percebemos que a inovação do Pula Parcela auxiliará muito na organização financeira, permitindo mais autonomia e flexibilidade para o seu dia a dia”, disse, em nota, o diretor de negócios imobiliários e consórcio do banco, Thales Ferreira Silva.

O Pula Parcela poderá ser ativado no aplicativo do Itaú, que terá uma ferramenta de simulação para o valor das parcelas após o adiamento. O banco espera que a alteração do valor seja pequena, dado que o prazo dos financiamentos imobiliários costuma ser maior que o de outras linhas de crédito.

Neste ano, de janeiro a setembro, o Itaú concedeu mais de R$ 35,6 bilhões em crédito imobiliário para pessoas físicas, aumento de três vezes em relação ao mesmo período do ano passado. O Itaú é líder no crédito imobiliário entre os bancos privados. Os financiamentos imobiliários do banco já podem ser contratados pelos canais digitais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.