Itau prevê redução na carteira de veículos em 2013

O saldo da carteira de veículos do Itaú Unibanco pode encerrar 2013 próximo dos R$ 42 bilhões, bem abaixo do patamar de R$ 60 bilhões que o banco já teve, conforme Rogério Calderón, diretor corporativo de Controladoria e de Relações com Investidores da instituição. Esse montante não é preciso, segundo ele, e pode ter variação para cima ou para baixo.

ALINE BRONZATI E SILVIA ARAUJO, Agencia Estado

30 de julho de 2013 | 13h45

"O ponto de inflexão (quando a originação de cada mês for maior do que os créditos que estão vencendo) da carteira de veículos deve ocorrer só no começo do ano que vem. Achávamos que seria encontrado em junho de 2013, mas provavelmente ficará para o começo do ano que vem", explicou ele, em teleconferência com a imprensa.

No entanto, Calderón explicou que a redução na carteira de veículos está menor do que a vista no ano passado. De abril a junho, os recursos destinados para a compra de veículos declinaram 6,7% ante março, para R$ 45,302 bilhões. No acumulado do ano até junho, a redução foi de 20% em 12 meses.

Tudo o que sabemos sobre:
Itau Unibancocarteira veículos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.