Itaú Unibanco: maior concorrência é natural

A maior concorrência no setor de adquirência, que credencia lojistas para a captura de transações com cartões de crédito e débito, e a mudança do mix de market share dos players são alterações naturais em meio aos novos integrantes no setor. A opinião é do diretor executivo da área de cartões do Itaú Unibanco, Milton Maluhy. Apesar disso, o foco da Rede (ex-Redecard), credenciadora da instituição, segundo ele, continua sendo manutenção das margens.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

25 de março de 2014 | 13h53

"Buscamos o crescimento sustentável dos negócios da Rede. Vamos continuar preservando as margens acima da busca por market share", reafirmou Maluhy, em conversa com a imprensa, na manhã desta terça-feira. Mesmo em grandes contas, segundo ele, o foco da Rede é não abrir não de margens por market share. Questionado sobre o comportamento das taxas de desconto ao lojista (MDR, na sigla em inglês), o executivo não deu detalhes.

Tudo o que sabemos sobre:
Itaú Unibancocartãomarket share

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.