Itaú Unibanco tem lucro de R$ 7 bilhões no 1.º semestre

Cifra é 4,8% maior do que no mesmo período de 2012; no 2º trimestre, ganhos subiram 8,4%, para R$ 3,5 bilhões

Aline Bronzati, da Agência Estado,

30 de julho de 2013 | 09h01

SÃO PAULO - O Itaú Unibanco anunciou lucro líquido de R$ 7,055 bilhões no primeiro semestre deste ano, cifra 4,8% superior à vista em igual intervalo do ano passado. A carteira de crédito do banco foi a R$ 445,113 bilhões no período, expansão de 7,6%, na mesma base de comparação.

O patrimônio líquido do Itaú encerrou os seis primeiros meses de 2013 em R$ 75,781 bilhões. A cifra é praticamente estável (+0,19%) ante os R$ 75,635 bilhões registrados um ano antes.

Ao final de junho, os ativos totais do Itaú Unibanco chegaram a R$ 1,057 trilhão, montante 19% superior ao registrado no mesmo intervalo de 2012.

O saldo de provisões para devedores duvidosos do Itaú encerrou o primeiro semestre em R$ 21,677 bilhões, queda de 15,6% em um ano.

2º trimestre. O Itaú reportou lucro líquido recorrente de R$ 3,622 bilhões no segundo trimestre deste ano, cifra 1% superior à vista em igual intervalo do ano passado. A instituição também divulgou lucro líquido de R$ 3,583 bilhões no período, aumento de 8,4%, na mesma base de comparação. No critério lucro consolidado, atribuível aos acionistas controladores e não controladores em IFRS, o resultado do banco foi de R$ 3,767 bilhões de abril a junho, aumento de 13% em um ano.

A instituição também divulgou os números referentes ao primeiro semestre de 2013. No período, o lucro líquido do Itaú Unibanco totalizou R$ 7,055 bilhões, cifra 4,8% superior à vista em igual intervalo do ano passado.

A carteira total de crédito do Itaú encerrou junho em R$ 445,114 bilhões, crescimento de 2,5% ante a cifra de março, de R$ 434,239 bilhões. Em 12 meses, a expansão foi de 7,6%, segundo relatório que acompanha as demonstrações financeiras da instituição.

Ao final de junho, os ativos totais do Itaú somaram R$ 1,057 trilhão, montante 19% maior que o registrado no mesmo mês de 2012, de R$ 888,809 bilhões. Ante março, o avanço foi de 2,82%.

O Itaú encerrou o segundo trimestre deste ano com patrimônio líquido de R$ 75,781 bilhões, praticamente estável (+0,19%) ante os R$ 75,635 bilhões registrados um ano antes. Na comparação com a cifra de março, foi identificado crescimento de 1,81%.

O retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado (ROE) do Itaú Unibanco foi de 19,1% no segundo trimestre de 2013 contra 17,9% em 12 meses. Na comparação com o indicador fechado ao final de março último, de 18,9%, houve elevação de 0,2 ponto porcentual. No critério recorrente, o ROE do banco foi de 19,3% ao final de junho, maior que o visto um ano antes, de 19,4%, e também do registrado no primeiro trimestre, de 19,1%.

Tudo o que sabemos sobre:
Itaú Unibanco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.