Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Já procurou trabalho pelo Facebook?

Maior rede de contatos profissionais da rede social, BranchOut oferece a possibilidade de procurar trabalho ou anunciar vagas; neste mês, o aplicativo completa um ano 

Nayara Fraga, do Estadão.com.br,

19 de julho de 2011 | 15h49

 

Origem. Nome da rede vem do verbo em inglês "branch out", que significa diversificar-se; "branch", o substantivo, significa galho

SÃO PAULO - Se você está no Facebook, já deve ter recebido mais de uma vez um convite, com o desenho de uma folhinha verde, para fazer parte de uma rede chamada BranchOut, certo? Quem pensou que era apenas mais um game para passar o tempo se enganou. Trata-se de um aplicativo para conexões profissionais, bem conhecido nos Estados Unidos, que completa um ano neste mês e ganha espaço entre brasileiros na rede social.

Ao contrário dos jogos de lazer disponíveis no Facebook, como fazenda virtual ou cidades que o usuário tem de construir, o aplicativo tem a pretensão de ser sério. Sua proposta é permitir que o internauta use "a influência de sua rede de amigos no Facebook para encontrar trabalho, buscar oportunidade de venda, recrutar talentos e aprimorar o relacionamento com contatos profissionais", diz a empresa em seu site. Já foram anunciadas até hoje cerca de 3 milhões de vagas de emprego e 20 mil de estágio. E, no primeiro trimestre deste ano, a quantidade mensal de usuários ativos saltou de 10 mil para 500 mil.

O BranchOut possui, basicamente, seis seções (veja abaixo). A primeira funciona como o feed de notícias do Facebook, com a diferença de que apenas as informações profissionais de seus contatos são exibidas, como a quais empresas eles estão conectados e quantos amigos fazem parte da rede profissional dele. Nessa área também é possível ver anúncios de emprego feitos por amigos ou amigos de amigos.

O aplicativo ainda oferece a possibilidade de recomendar o amigo (endorse) e buscar por vagas de trabalha pela posição profissional ou por companhia. Na página referente à empresa de compras coletivas Groupon, por exemplo, há vagas de trabalho disponíveis em Chicago (EUA) e também no Brasil, como analista de planejamento júnior e estagiário de prospecção de mercado para São Paulo e executivo de vendas para a cidade de Belém.

Deloitte, Siemens, Google e General Eletric são outras companhias brasileiras com vagas listadas no BranchOut. Nesses casos, as buscas estão, em sua maioria, baseadas no sistema do Indeed, site de empregos que alega ser o número 1 do mundo, com 1 milhão de buscas por mês.

Mas há também empresas que usam o recurso mais simples do aplicativo para anunciar vagas: o perfil de um funcionário na rede. Um exemplo é o coordenador de planejamento da agência de comunicação mineira Plan B, Marco Brum, que postou nessa segunda-feira que está em busca de um web planner. "Procuramos divulgar as oportunidades de trabalho no nosso site, em grupos de discussão e em redes sociais Agora, vamos testar essa ferramenta", disse. No mesmo dia, o designer Shingo Sato, da consultoria de branding Interbrand, em São Paulo, também anunciou que a empresa procura um designer freelancer.

 

 

Anúncio de vaga no BranchOut exibe plaquinha "nós estamos contratando" (we´re hiring); "wanted" é o mesmo que "procurado"

Como usar a influência dos amigos

O BranchOut se diz diferente dos tradicionais sites de buscas de emprego, principalmente porque conecta a base de amigos do Facebook (hoje com 750 milhões de usuários) com a profissional. Com o aplicativo, "300 amigos do Facebook podem se tornar 30 mil conexões profissionais em 75 mil companhias", explica a empresa em sua página.

Em todo perfil é possível ver as conexões diretas e indiretas, que são as relacionadas aos amigos dos amigos. Marco Brum, com 775 amigos no Facebook, está conectado a um total de quase 75 mil pessoas e 27 mil empresas. Se quiser entrar em contato com qualquer profissional que não seja seu amigo direto, ele pode usar o recurso "Get an introduction" (conseguir uma apresentação, em tradução livre), para encaminhar uma mensagem ao contato desejado por meio do amigo.

Seções no BranchOut

 

Página principal do BranchOut dentro do Facebook

Home - onde você vê oportunidades de trabalho de acordo com as especificações definidas por você e as atualizações de seus amigos, incluindo anúncios de trabalho

People - onde você vê os amigos não conectados, os conectados e as companhias relacionadas a eles

Companies - onde você vê as companhias em que seus amigos e amigos de amigos trabalham

Jobs - onde você procura trabalho por palavra-chave, país, cidade, segmento e nível de experiência

Grow your network - onde você pode convidar amigos que pertencem a redes de Twitter, Gmail, Yahoo e Hotmail.


Post a job - onde você pode publicar vagas de trabalho que sejam visíveis a seus amigos e amigos dos amigos; ou publicar vaga visível a todos do BranchOut por US$ 49 (preço em promoção)

Brincadeira

Como parte da jogada da rede social, o BranchOut oferece "badges", ou distintivos, que podem ser dados a amigos. Exemplo: "supercriativo", "ótimo designer", "médico excepcional", "totalmente inspirador", "o melhor estagiário", "o melhor chefe" e outros.

Promessa

Veja algumas menções ao BranchOut na mídia estrangeira:

Fast Company: "Mas, agora, quando ele (LinkedIn) está caminhando para a oferta pública inicial de ações (IPO), pode correr o risco de ser derrubado por um recém-chegado que não tem nem um ano de vida". (Comparando Branchout ao LinkedIn)

Jobs Direct USA: "Graças ao BranchOut, nós estamos mais uma vez reconhecendo o Facebook como uma rede social "top" para quem procura trabalho em 2011."

Mashable: Facebook é também uma rede que muitos usuários acessam todos os dias. Então, se você está procurando trabalho ou tentando conectar-se especificamente a alguém, suas chances podem ser maiores do que em outros sites de carreira, onde é provável que os usuários que acessam diariamente sejam outras pessoas procurando trabalho do que os seus desejados contatos.

Forbes: Em relação ao LinkedIn, o fundador e CEO do BranchOut, Rick Marini, disse à revista que tem profundo respeito pelo site de conexões profissionais, mas que a rede de amigos do Facebook oferece é melhor para a busca de emprego. "O futuro de toda rede de contatos pessoais ou profissionais será no Facebook". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.