Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Japan Airlines deve antecipar pagamento de empréstimo de US$ 2,1 bi

Segundo o jornal 'Nikkei', a companhia - que pediu concordata em janeiro de 2010 - deve voltar a operar no mercado de capital aberto no próximo ano

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

16 de dezembro de 2011 | 19h12

TÓQUIO - A Japan Airlines (JAL), que pediu concordata em janeiro de 2010, provavelmente vai pagar neste mês 185 bilhões de ienes (US$ 1,82 bilhão) dos 220 bilhões de ienes (US$ 2,17 bilhões) em empréstimos  que vencerão em janeiro de 2013 e pode quitar integralmente a dívida no início de 2012, de acordo com informações do jornal Nikkei.

O lucro da companhia aérea melhorou drasticamente após um amplo volume de demissões e outras reestruturações e a expectativa é que a empresa use os recursos para reduzir o montante de dívidas antes de voltar a operar no mercado de capital aberto, o que deve ocorrer no segundo semestre de 2012.

A JAL pagou 400 bilhões de ienes em dívidas ligadas à sua reabilitação e terminou seu processo de reestruturação em março deste ano, mas precisou tomar um empréstimo de 250 bilhões de ienes na época para financiar a reconstrução de suas operações. Desde então, a companhia já pagou 30 bilhões de ienes desse empréstimo, o que deixou a dívida em 220 bilhões de ienes.

No ano encerrado em 31 de março, a JAL teve lucro operacional recorde, de 188,4 bilhões de ienes. O terremoto ocorrido naquele mês pesou sobre os resultados, mas a companhia conseguiu um lucro operacional de 106,1 bilhões de ienes entre os meses de abril e setembro depois de cortar empregos e concentrar os voos nas rotas mais rentáveis.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
jalienesdívida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.