Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Japão manterá política para mercado de câmbio, diz ministro

Segundo o ministro da Economia, 'movimentos excessivos da moeda são ruins para as economias e os mercados financeiro'

Roberto Carlos dos Santos, da Agência Estado,

28 de dezembro de 2011 | 07h46

O ministro da Economia do Japão, Motohisa Furukawa, disse nesta quarta-feira que a política da nação para o mercado de câmbio interno permanece inalterada - mesmo após as críticas do Tesouro dos EUA sobre as recentes intervenções de Tóquio no mercado.

"Nós continuaremos monitorando o mercado de câmbio e tomaremos as medidas adequadas, se necessário, porque os movimentos excessivos da moeda são ruins para as economias e os mercados financeiros", disse o ministro ao Wall Street Journal e à Dow Jones Newswires.

Em um relatório enviado ao Congresso na terça-feira, o Tesouro norte-americano disse que os EUA "não suportam" a intervenção do Japão em larga escala nos mercados, ocorridas em agosto e outubro. O texto afirma, ainda, que "o Japão deve tomar medidas fundamentais e profundas para aumentar o dinamismo da economia doméstica". As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
Japãoienecâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.