Japão muda cálculo do PIB para considerar impacto do terremoto

Gabinete do Governo planeja divulgar os dados preliminares do PIB do terceiro trimestre no próximo dia 14

Hélio Barboza, da Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 07h50

O Gabinete de Governo do Japão anunciou que vai mudar a forma de cálculo das estimativas do Produto Interno Bruto (PIB) do país no trimestre julho-setembro, a fim de contabilizar adequadamente o impacto do terremoto de 11 de março, segundo relatou a agência Nikkei.

O Gabinete, que planeja divulgar os dados preliminares do PIB do terceiro trimestre no próximo dia 14, introduziu mudanças semelhantes nos resultados do primeiro e do segundo trimestres.

Para o gasto das famílias, o Gabinete vai estimar o número total de residentes, tomando por referência os dados da polícia que apontam o número de pessoas que morreram e que ficaram desaparecidas, pois esses dados não foram incluídos no cálculo demográfico mensal para o trimestre julho-setembro.

Para calcular o gasto privado com habitação, o Gabinete vai contabilizar os dados sobre casas em construção nas áreas afetadas pelo terremoto, ao longo do período de três meses.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.