Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

JBS suspenderá exportação de bovinos do Paraguai

Assim como o frigorífico Minerva, a JBS informou hoje, por meio de um comunicado ao mercado, que suspenderá temporariamente as exportações de carne bovina de suas operações no Paraguai. Segundo a empresa, as atividades das duas unidades de abate e desossa de carne bovina da empresa no país vizinho serão destinadas integralmente ao mercado interno enquanto existirem restrições às vendas externas.

SUZANA INHESTA, Agencia Estado

19 de setembro de 2011 | 19h59

"As exportações hoje realizadas a partir do Paraguai serão atendidas pelas unidades da empresa instaladas em outros países, sem que haja interrupção no fornecimento aos clientes", afirmou a JBS. As vendas da companhia no país representam menos de 1% de seu faturamento global, que ainda possui indústrias em nove países, com uma base global de 134 unidades de produção. Essa diversificação está de acordo com a estratégia de ampliação geográfica de suas operações para "evitar riscos ou prejuízos decorrentes de questões sanitárias regionais."

Hoje, o Paraguai anunciou à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) ter registrado um foco de febre aftosa em Sargento Loma, na Província de San Pedro, região central do país, a 150 km da fronteira com o Brasil. É o primeiro caso da doença identificado no país desde julho de 2003.

Tudo o que sabemos sobre:
febre amarelaJBSParaguai

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.