Jeans emagrecedor dispensa calcinhas e cintos modeladores

Fabricante de roupas íntimas de elastano dos EUA entra no mercado de jeans que ajudam a mulher a esconder as gorduras que estão no lugar errado

Susan Denley, Los Angeles Times

20 de agosto de 2014 | 15h34

Roupas feitas de elastano, que ajudam a moldar o corpo, continuam revolucionando a indústria de vestuário. A última novidade foi anunciada pela Spandx, dos Estados Unidos, que extrapolou o ramo das roupas de baixo e cintas modeladoras para o campo das roupas que todos preferem usar: jeans. 

A empresa, cujo produto original ajuda mulheres a caber em roupas para o trabalho e ocasiões especiais desde 2000, incluiu o jeans em dois estilos, vários cortes e três lavagens neste verão.

A Signature, US$ 148, tem uma superfície de controle no ventre com cinta para a cintura e zíper lateral. A Slim-X, também US$ 148, tem cintura normal, mas promete "domar a barriguinha, modelar as coxas e levantar o bumbum".

A fundadora da Spanx, Sara Blakely, explica a estratégia na entrevista abaixo:

Por que jeans, e por que agora?

Aprendemos muito a respeito do corpo da mulher e dos cortes que lhe caem bem, e nossas freguesas nos pedem por jeans há anos. Elas estavam preocupadas com os pneus na cintura e as dobras na frente das coxas. Queríamos uma frente lisa, mas com aparência de jeans. Nem dá para perceber que há um painel de ajuste ali. Gosto de usar camisetas e pequenos suéteres cortados, peças que caem bem com nossos jeans.

Qual é a diferença entre os jeans Spanx e outras calças que prometem definir as formas?

A principal diferença, especialmente no caso da signature, está no fato de muitos dos demais jeans modeladores no mercado não terem o amplo painel na cintura e o zíper lateral. Parecem mais fora de moda, e não têm opções de lavagem. Temos também nossa tecnologia de fio triplo. A maioria das concorrentes tem fio duplo - um normal e um de elastano. Nós usamos dois fios de elastano para cada fio comum. Investimos bastante tempo no desenho do bolso traseiro - tamanho, formato, altura nas costas. Observamos muitas mulheres diferentes os usando, caminhando para lá e para cá, enquanto fazíamos anotações em nossas pranchetas. E temos o rebite vermelho, um pequeno rebite vermelho no verso. É como uma piscadela indicando que somos a Spanx.

Alguma previsão de lançamento de um corte bootcut (mais largas do joelho para baixo, para permitir o uso de botas)?

Mais para o final de setembro ou início de outubro, planejamos lançar um microboot e novas lavagens, uma lavagem cinza e algumas enceradas.

Nós as testamos, e a pessoa que as vestiu teve a sensação que a cintura era muito alta; os estilos são todos assim?

Elas têm altura média. A Signature - indicada para ocultar os pneus no abdômen - é um pouco mais alta na cintura, mas elas dão a impressão de serem mais baixas. Usamos da estratégia para decidir onde parar. Não queríamos um corte do tipo que nossas mães usariam.

Há planos de expansão das lojas?

Estamos muito animados com nossa primeira loja individual na Costa Oeste, em Santa Mônica. Traremos toda a nossa gama de produtos. O principal comentário feito pelas freguesas nas lojas é, "Não tinha ideia que vocês ofereciam uma gama tão ampla de produtos".

Tradução de Augusto Calil

Tudo o que sabemos sobre:
Jeans

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.